quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013



Literatura
 
Mito
 
A narrativa mítica e suas características

 
Mitos são narrativas criadas por sociedades primitivas (como a dos antigos gregos e romanos) para explicar a origem e o destino da humanidade, a vida, a morte, os sentimentos e comportamentos humanos, os fenômenos da natureza. Além dessa função de explicar o mundo, os mitos também servem como exemplos de vida pra as pessoas dessas sociedades.

Nos episódios mitológicos há sempre a presença de um deus, ainda que ele possa não ser a personagem principal. Conheça alguns deuses da mitologia grega e os elementos a que eles estão associados.

 

- Afrodite: ao amor e à beleza.

- Apolo: à beleza, à poesia, à música.

- Atena: à sabedoria e à serenidade.

- Cronos: ao tempo.

- Dionisio: à cultura a uva, ao vinho e ao teatro.

- Eros: ao amor e à paixão.

- Hera: ao casamento.

 

·         Os mitos se originaram na tradição oral: eram contados de geração em geração, o que garantiu que, muito tempo depois de criados, eles fossem registrados por escrito.

·         As personagens míticas são consideradas exemplos de superação e perfeição moral. Segundo os estudiosos, os mitos serviam, na cultura primitiva, de fundamento para as crenças e os rituais religiosos e até para a conduta social.

Tempo e espaço

·         O tempo mítico está relacionado ao tempo das origens. Expressa o passado distante e narra fatos separados por um intervalo de tempo muito grande. O tempo narrativo marca o momento em que os fatos se desenvolveram.

·         Em geral, o espaço mítico é um lugar sagrado, que se caracteriza por se opor ao habitado pelos seres humanos. O espaço do Olimpo é uma referência constante nos mitos gregos. O espaço narrativo marca o lugar onde os fatos se desenvolvem.

 

 

Um comentário: